twitter facebook

Anúncio

Anúncio

VEREADOR ZÓIA "SAÚDE NÃO SE FAZ COM HOSPITAIS DE PONTA"

Declaração do Vereador veio em meio ha uma discussão em plenário sobre uma proposta de lei feita pelo Vereador Willian Cezar que visa ao Cidadão de Itaguaí que não for atendido em qualquer Órgão Público, entre eles Hospitais e Postos de saúde, tenha o direito de solicitar uma declaração de impossibilidade de atendimento.

Segundo o Vereador Willian Cezar, muitos moradores que moram na divisa entre um bairro e outro, vem sofrendo para serem atendidos nos postos de saúde, com a desculpa que só podem atender moradores do bairro na qual o posto está localizado, com isso gera um jogo de empurra no atendimento ao cidadão, e essa ferramenta possibilita a pessoa buscar seus direitos caso necessário pela recusa de atendimento a ele próprio ou alguém da sua família.

Contra a proposta apresentada, o Vereador Dr Zóia, em seu discurso na plenária, em primeiro momento falou que a Saúde não se faz com Hospitais de Ponta, mas sim com atendimento domiciliar e medidas preventivas de Saúde, porque com a experiencia de administrar o Hospital São Francisco por 2 vezes, existem casos em que pessoas precisam passar pela análise de mais de um profissional, ou que o atendimento na qual a pessoa busca não seria o que ela necessitava no momento, tendo assim que ter laudos de  outros especialistas, explicando o motivo de  alguns casos não ter um atendimento.

Porém em um aparte, o Vereador André Amorim, disse que o não atendimento de uma pessoa que precisa, geralmente é porque não existe realmente uma estrutura na saúde do município, que por mais que um cidadão precise passar por um especialista antes de se consultar em outro, hoje a situação na saúde seria tão difícil ao ponto do cidadão não conseguir ser atendido por ninguém. 

A Discussão acalorada demorou ainda pelo plenário e a maioria dos vereadores, acabaram votando a favor do parecer da Comissão de Saúde, na qual era contra essa proposta do cidadão de ter em mãos um comprovante do motivo de não atendimento.


Foto: Arquivo/ Câmara dos Vereadores




Pagina Anterior Proxima Pagina Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário